Planetas descoberto com dois soís


"Astrónomos norte-americanos descobriram um planeta com dois sóis, como o de "A Guerra das Estrelas", divulgou, esta quinta-feira, a revista Science.

Este exoplaneta (planeta fora do Sistema Solar) que gira em torno de dois sóis foi chamado de Kepler-16b e localiza-se a cerca de 200 anos-luz da Terra (um ano-luz equivale a 9,5 mil milhões de quilómetros).

Até hoje, um planeta como este apenas existia no universo da saga de filmes A Guerra das Estrelas, com o planeta Tatooine, coberto de desertos e povoado de espécies indígenas como os 'homens das areias'.

Mas, ao contrário do Tatooine, o Kepler-16b é frio e gasoso, pelo que os astrónomos excluem a possibilidade de existir nele vida.

O Kepler-16b tem uma massa de quase um terço da de Júpiter e um raio correspondente a 75 por cento deste planeta, o maior do Sistema Solar. O exoplaneta possui uma dimensão e uma massa semelhantes a Saturno e orbita os dois sóis em 229 dias, a uma distância média de 104,6 milhões de quilómetros.

Os dois sóis são estrelas mais pequenas e mais frias do que o Sol, o que faz com que a temperatura do Kepler-16b seja à superfície entre 73 e 101 graus negativos."

Reflexão: Cada vez estamos mais perto de uma realidade apenas imaginada em filmes de Ficção cientifica. Estamos a descobrir o universo e todas a sua complexidade. Talvez um dia possamos ser mais do que um Planetas com 6.4 milhões de habitantes
Read more

Fotografia inédita de Júpiter ganha prémio internacional



"Damian Peach recebeu o prémio de Melhor Fotógrafo de Astronomia do Ano com uma fotografia de Júpiter e de dois dos seus satélites naturais, Io e Ganimedes. O galardão foi atribuído pelo Royal Observatory de Greenwich, em Londres

O fotógrafo captou a imagem em Barbados, nas Caraíbas, onde a claridade da atmosfera permite recolher imagens do espaço com elevada nitidez. Na imagem de Peach, é possível visualizar, em detalhe, as cores de Júpiter, as tempestades características da atmosfera e duas das luas daquele planeta.

Citado pelo diário espanhol "El Mundo", Peach explica que "a foto faz parte de uma série de imagens tiradas ao longo de um período de três semanas, desde a ilha caribenha de Barbados, onde o céu está frequentemente limpo e a claridade da atmosfera permite captar imagens muito detalhadas dos planetas".

Peter Lawrence, um astrónomo e membro do júri do galardão, disse estar impressionado com a qualidade dos detalhes: "É impressionante pensar que a imagem foi captada da Terra por um astrónomo amador, usando os seus próprios aparelhos". Um outro membro do júri, Marek Kukula, comparou a qualidade da imagem à do telescópio Hubble."
Read more

Vulcanismo raro detectado na face oculta da lua


" Descoberta explica uma concentração invulgar de tório num ponto entre as duas crateras Compton e Belkovich.
Publicada na Nature Geoscience por um grupo internacional de investigadores, a descoberta resolve um enigma: o da origem de um grupo de estruturas identificado do outro lado da Lua, em 1998, pela sonda Lunar Reconaissance Orbiter, que contêm uma alta concentração de um elemento radioactivo chamado tório. Precebeu-se agora que a sua origem é vulcânica. O magma que ali escorreu era rico em sílica. "
 Data:25-07-2011
Read more

Descoberto o maior reservatório de água do universo


http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1928220

Reflexão:
Acho que é unânime a sensação de progresso que o nosso mundo "enfrenta" a cada dia que passa. Ainda há "pouco" tempo estávamos a tentar chegar à Lua e agora já descobrimos o maior reservatório de água do universo.
Quem sabe se a próxima descoberta não vai ser a de vida num outro planeta? Porque, digam lá se não concordam comigo, é difícil imaginar que estamos sozinhos nesta imensidão certo?


Read more

Vulcão Hekla



"Reiquejavique, 06 jul (Lusa) - O vulcão Hekla, um dos mais ativos da Islândia, está prestes a entrar em erupção, disse à agência noticiosa francesa AFP um geólogo islandês.
Paul Einarsson, professor na Universidade da Islândia, disse à AFP, com base nas observações de movimentos de magma na orla da cratera, que o Hekla (situado no sudoeste do país) estará prestes a entrar em atividade.
"Isso não significa contudo que a erupção se vá produzir imediatamente", acrescentou Einarsson."


Data: 07-07-2011

Fonte:http://www.google.com/hostednews/epa/article/ALeqM5gUf6cmSLf0INB_kdrn7q_YZpLh2w?docId=12770587
Reflexão: 
Uma das teorias para a grande extinção dos dinossauros é na altura um gigantesco vulcão, após entrar em erupção, ter libertado grandes quantidades de cinzas para a atmosfera e destruindo quase toda a vida na terra. Tal cenário pode não estar tão longe quanto isso. Contudo, esperamos que tal catástrofe não aconteça.     
Read more

Fim das aulas



    Pois é. As aulas acabaram e agora, para nós, é tempo de ir para a universidade.

    Este blog serviu-nos como suporte no estudo e esperamos que a vocês também. Apesar de ser um blog que estava ligado à escola, deu-nos muito gozo fazê-lo, pois enquanto pesquisávamos "novo material", foi-nos possível descobrir coisas que nunca nos pensaria pela cabeça.

    Contudo, não é por terem acabado as aulas que o blog foca sem efeito. Pela parte que me toca, espero continuar com este projecto, se possível, se bem que será vocacionado, muito provavelmente, para a parte das notícias e assim.

     Espero que tenham gostado do nosso trabalho e que continuem a visitar e, até mesmo a dar sugestões, porque não.

     Até lá...

BOAS FÉRIAS!!!
Read more

Humor #2

Read more

Humor #1


"Processo de fossilização"

Fontes:
Read more

Planeta Marte formou-se em tempo recorde



http://www.jn.pt/PaginaInicial/Sociedade/Interior.aspx?content_id=1861462

      Quando vi esta notícia, achei que era bom partilhá-la com vocês.
     Não sei se sou, ou melhor, era só eu que pensava que o todo Sistema Solar se teria formado, aproximadamente, ao "mesmo tempo". Porém, qual não foi o meu espanto, quando vi que Marte era, de facto, muito mais velho que a Terra por exemplo. Enquanto que Marte se formou "apenas" 2 a 4 milhões após a formação do Sistema Solar, a Terra demorou cerca de 50 a 100 milhões de anos.

      Na minha opinião, esta é sem dúvida alguma, uma das grandes notícias sobre o espaço e sobre as descobertas que têm sido feitas.
    
Read more

Minas da Borralha

   

     As Minas da Borralha situam-se na freguesia de Salto, Montalegre, e foram durante várias décadas o principal pólo empregador e populacional deste concelho.

   A antiga mina da Borralha foi das minas produtoras de volfrâmio mais importantes da Europa, ocupando o 1º lugar até à entrada em produção da mina da Panasqueira. 


   Distinguem-se dois tipos de estruturas mineralizadas: um conjunto de filões quartzosos orientados preferencialmente E-W com pendor 45 a 60o N e uma brecha de colapso com blocos de quartzo, xisto e granito cimentados por quartzo. A espessura dos filões varia de 0,5 a 1m. Produziu concentrados de volframite, scheelite, calcopirite a que se associam prata, bismuto e molibdénio. A produção foi ininterrupta entre 1903 e 1983. Uma parte significativa do campo filoniano não está conhecida.


Reflexão:


     As minas foram durante muito tempo fonte de riqueza em Portugal  e no mundo. De facto o nosso país ainda tem vários recursos minerais passiveis de serem explorados. Contudo isso não se verifica, e quem perde é o próprio país. Talvez a situação actual não fosse tão alarmante se alguns recursos fossem explorados.
Fontes:
  • http://pt.wikipedia.org/wiki/Minas_da_Borralha
  • http://consulta-prot-norte.inescporto.pt/plano-regional/relatorio-do-plano/relatorios-tematicos-de-caracterizacao-e-diagnostico/PROT_Norte_recursos%20geologicos%20e%20hidrogeologicos_documento%20total_abril09.pdf
Read more

Sabias que... #7



     A maior ilha do mundo é a Gronelândia?
     A sua área é de, aproximadamente, 2.175.600 km².

Fontes:
Read more

Vulcão extinto é descoberto no Paraná, Brasil


http://www.bonde.com.br/?id_bonde=1-3--104-20110503&tit=vulcao+extinto+e+descoberto+no+parana


     Quando me deparei com esta notícia, fiquei um bocado boquiaberta e a pensar "Como é que, em tantos anos, não foi possível descobrir um vulcão?".
     Assim como eu, acho que muitos de vocês que leram a notícia também acharam estranho. Um vulcão é algo digno de respeito, por muito pequeno que possa ser.
    
     Na minha opinião, isto vem mostrar que a Natureza ainda tem segredos muito bem guardados, não só em espécies, mas também em estruturas geológicas como podemos constatar.
Read more

Sabias que... #6



     O ponto mais chuvoso é Monte Waialeale, no Havaí?
     A média anual de chuva é de cerca de 11.680 mm.

Fontes:
Read more

Extração de minerais




Clarke – concentração media de um elemento na crosta terrestre.
  • O mais abundante na crosta terrestre é o oxigénio com 46,6% = 466 000 ppm.
  • O elemento mais abundante na crosta terrestre é o silício com 27,7% =277 000 ppm.
  • O 3º elemento mais abundante na crosta terrestre é o alumínio com 8,1% =81 000 ppm.
  • O ferro em lugar tem uma percentagem de 5% = 5 000ppm

  - Com maior interesse económico.

  • O cobre tem uma percentagem de 0.006% = 60 ppm
  • O ouro tem uma percentagem de 0.004% = 40 ppm

Jazida – local cuja onde a concentração de um elemento ou conjunto de elementos é muito superior ao seu clake.


Lei da mínima (ppm) – define a concentração mínima de um elemento numa região passível de ser explorado de forma rentável.

 - Depende:
  • Depende da cotação dos metais.
  • Custos de prospecção.
  • Custos de exploração e purificação.
  • Custo de transporte
  • ...
 
Reflexão:
     A extracção de minerais é um negócio rentável que poderia ser muito bem aproveitado em Portugal. Só não o é devido a má organização e ordenamento do território nacional, bem como a falta de empreendimento que se vive no nosso país.  

Fontes:
  • Manual e caderno escolar
Read more

Minerais e Minérios



Minerais - Material natural inorgânico sólido e Cristalino com composição química definida (pelo menos entre valores extremos).
  • Podem ser elementos nativos (aparecem sobre forma elementar na natureza).       Ex: Diamante (C), ouro (Au), enxofre (S)
  • Óxidos.                                                                                                              Ex: Quartzo (SiO2)
  • Silicatos.                                                                                                                 Ex: Micas, Feldspato, Anfíbulas, etc.  
  • Sulfuretos.                                                                                                          Ex: Pirite (Fe2S), Calcopirite, etc.
  • Sulfatos.                                                                                                            Ex: Gesso (sulfato de cálcio)
  • ... 
    Minériosminerais cuja a exploração é economicamente rentável.
    • Ferro (Fe). Ex: Magnetite 
    • Cobre (Cu). Ex: Malaquite
    • Zinco (ZN). Ex: Blenda
    • Estanho ( Sn). Ex: Cassiterite
    • Tungsten (W). Ex: Volfreinte

    Reflexão:
         Com esta postagem sucinta, acho que é possível perceber mais um pouco sobre os minerais e minérios, podendo ser muito útil para os nossos colegas que aqui virão consultar.
            É possível ainda perceber que a Terra nos dá tudo, ou quase tudo, o que nós precisamos para o nosso dia-a-dia e ainda mais. 



    Fontes:
    • Manual e caderno escolar
      Read more

      Recursos geológicos


      Recursos geológicos – Materiais utilizáveis pelo Homem obtidos na geologia.     

      • Minerais     

      - Metálicos
      -  Não metálicos    

      • Rochas

      -Ornamentais
      -  Construção
      -  Inertes
      -  Materiais cerâmicos

      • Energéticos fósseis

      - Carvão
       Petróleo
      Gás natural

      • Recursos energéticos geotérmicos
      • Recursos hídricos subterrâneos
      • Edáficos
      Reflexão:
           Através desta nova postagem, é possível apercebermo-nos a grande quantidade de "coisas" que a Terra nos dá e sem as quais não nos imaginamos viver. 
           O que éramos nós, agora, sem os energéticos fósseis por exemplo?
           

      Fontes:
      • Manual e caderno escolar
      Read more

      Pegada Ecológica


          A pegada ecológica é, nada mais, nada menos, que aquilo que se utiliza para calcular (não exactamente, mas uma estimativa) o impacto anual que cada pessoa tem no planeta. Ela ajuda-nos a perceber a quantidade de recursos naturais que utilizamos para suportar o nosso estilo de vida, desde a nossa casa, os móveis, o nosso transporte diário até mesmo o que comemos, entre outras coisas.  

      Reflexão:

          Ao calcularmos a nossa pegada ecológica, normalmente, a conta final diz-nos "quantos planetas Terra" precisaríamos de ter se toda a gente tivesse o mesmo estilo de vida que nós, o que nos ajuda a perceber que não vivemos sozinhos e que toda a gente deveria ter o mesmo direito que nós.
            Nós, os ditos ocidentais, temos muita sorte nos recursos que temos disponíveis de "mão beijada", porém, nunca nos devemos esquecer que, enquanto desperdiçamos aquilo que temos, como deitar a comida fora, ou até mesmo roupa que muitas vezes está nova, há pessoas que não têm a mesma sorte.

           Aqui fica um quadro elucidativo da diferença GIGANTE entre alguns países: 


            Aqui ficam ainda alguns links de sites e blogs que achei interessantes para saberem um pouco mais sobre a pegada ecológica e poderem calcular a vossa, bem como saber o que podem fazer para a reduzir.



      Fontes:
      Read more

      Dia das ciências



      Dia das ciências
      No dia 7 de Abril na Escola secundária, realizou-se uma actividade conjunta com várias turmas, no âmbito do dia das ciências.

      Como é óbvio não poderíamos deixar passar uma actividade como esta em branco no nosso blog. As duas turmas de Geologia no qual estou inserido exporão alguns projectos que foram desenvolvendo ao longo do ano. Um desses projectos passa pelo esboço topográfico (algo que já foi postado no nosso blog) e também a elaboração de uma fotografia a 360º, algo que também vos vou mostra se conseguir colocar um QuickTime no blog.   

      Foi um dia bastante divertido em que conseguimos mostrar as outras turmas do 12º ano e ate mesmo aos mais novos, aquilo que conseguíamos fazer.
      Para que tenham uma melhor ideia de como foi esta actividade deixo algumas fotos.

      Boa Páscoa


      Read more

      Avaliação do blog



           Bem, hoje não estou aqui para falar de algum tema leccionado nas aulas ou sobre algum acontecimento relacionado em particular.
          No entanto, e ao contrário do que o título desta postagem possa sugerir, também não vou falar sobre a avaliação dada pelo professor quando ao conteúdo.
        
         Quero sim, agradecer aos visitantes deste portefólio sobre Geologia, criado a "pedido" do nosso professor, com o intuito de poder ajudar os nossos colegas que o visitem e até nós mesmos.
          Devo confessar que, quando começámos o blog, falando por mim, não estava à espera de atingir o número de visitas que temos até hoje, e não só do nosso país, como podem ver pelo mapa no fundo. 

           Acho que o que "falta" mesmo, são uns comentáriosinhos dos nossos visitantes, pois é sempre bom termos o feedback de quem se norteia por este portefólio, pois ajuda-nos a perceber o que gostam mais, o que podemos melhorar e, quem sabe, trocar ideias para uma maior diversificação de conteúdo.

            Por agora é tudo, estamos de férias (mas nem por isso a postagem vai parar) e preparados para dar tudo por tudo no derradeiro período. 



                BOA PÁSCOA!!

      Read more

      Sabias que... #5

           

          Na Islândia, as diferenças de temperatura entre as massa geladas e o calor dos vulcões criam diversos fenómenos naturais?
           As rochas exalam vapores vulcânicos que esculpem cavernas ou transformam águas geladas  em ilhas de água morna no meio do gelo.



      Fontes:
      Read more

      Radioatividade no Japão

           "Os funcionários da central nuclear de Fukushima, no Nordeste do Japão, abandonaram as instalações depois de a pressão ter subido e começado a sair fumo dos reatores 2 e 3, anunciou a companhia Tokyo Electric Power. O Governo anunciou que vai fechar a central de Fukushima. As autoridades também estão a proibir a venda de leite e vegetais devido aos níveis de radioatividade."

      Data da publicação:

      Continuação da Notícia... Link: http://tv2.rtp.pt/noticias/?t=OMS-admite-%93serios%94-efeitos-de-radioatividade-nos-alimentos.rtp&article=426161&visual=3&layout=10&tm=7 

      Vídeo Explicativo:


      Reflexão:
           Esta notícia é alarmante. Hoje sabemos que existem ventos com radioactividade muito perigosos naquela área, o que, ainda estando presente o terrível acidente de Chernobyl, põe o Japão e alguns outros países por perto muito preocupados.
           Por agora não há nada a fazer, só esperamos que a história não se repita.

      Read more

      Noite de sábado tem maior Lua cheia dos últimos 18 anos


      " Hoje, 19 de março, é dia de lua cheia. Basta olhar no calendário, mas anote aí, essa não será uma lua cheia qualquer. Você verá (se o tempo ajudar, é claro) a maior lua cheia dos últimos 18 anos.

      A órbita da lua em torno da Terra não é uma circunferência com a Terra no centro. Na verdade, tem uma forma ovalada que se chama elipse. Nesse caso, a Terra ocupa um dos focos dessa elipse e, como a distância entre a Terra e a lua não é constante, há momentos em que os dois astros estão mais próximos ou mais distantes um do outro. Isso também acontece com todos os planetas do Sistema Solar e o sol.

      Quando a lua está no seu ponto de máxima aproximação, dizemos que ela está no perigeu. Quando está no ponto de máximo afastamento, dizemos que está no apogeu. A diferença entre apogeu e perigeu é de aproximadamente 50 mil km. Nada que possa causar algum dano na Terra, mas certamente isso tem alguns reflexos.

      A lua cheia de amanhã será a maior já vista desde março de 1993. Mas… maior quanto?

      O diâmetro observado da Lua no céu vai parecer 14% maior. Pouca coisa para ser notado, talvez, mas seu brilho será por volta de 33% mais intenso. Em regiões muito iluminadas, isso também deve passar despercebido, mas em regiões mais escuras, sobretudo longe das grandes cidades, essa diferença de brilho será fantástica.

      Nessa ocasião, também observamos a “maré de perigeu”, que vem a ser uma maré alta mais alta que o comum. Nada de pânico! A Lua no perigeu deve aumentar a altura da maré em alguns centímetros apenas. Em alguns poucos lugares, a diferença pode chegar a 15 cm.

      Então é isso. Vamos torcer para que o tempo esteja bom e curtir a super lua cheia. Outra dessas só daqui a 18 anos! "

      Data de Publicação: 19.03.2011 | 21h08
      Link: http://gazetaweb.globo.com/v2/noticias/texto_completo.php?c=227576


      Reflexão:
      Estes fenómenos relativos a órbita da lua, do sol e dos planetas são realmente  raros. E como tal, guarda-los em fotos, vídeos e mesmo na nossa memória é algo que devemos fazer, pois não sabemos quando os voltamos a ver. Contudo, quando um novo fenómeno da mesma natureza voltar a acontecer, terá um lugar neste blog.      

      Read more

      Tsunamis


      Reflexão:
           Com este vídeo, os nossos utilizadores poderão ter uma melhor ideia de como se forma um Tsunami, e perceber melhor o que aconteceu no Japão.    
      Read more

      Mortos por terremoto e tsunami passam de 3,3 mil no Japão

           
          "Subiu para 3.373 o número de mortes causadas pelo terremoto e pelo tsunami que atingiram o Japão no dia 11 de março, segundo boletim oficial divulgado nesta terça-feira. De acordo com o governo do país, 6.746 estão desaparecidos.
           Estimativas indicam que o número de vítimas fatais pode ultrapassar 10 mil. Mais de 500 mil pessoas estão desabrigadas, enquanto dois milhões de residências permanecem sem eletricidade e quase o mesmo número, sem água.
           As equipes de resgate continuam buscando sobreviventes. Nesta terça-feira, uma mulher de 70 anos foi resgatada com vida, quatro dias após o terremoto. (...)"

      Data da Publicação: 15/03/2011 10:04

      Fonte:

      Reflexão:
           Cada vez mais assistimos a este tipo de fenómenos, sismos, terramotos e outras manifestações do poder da natureza são cada vez mais frequentes ou fazem-se cada vez mais senti. O excelente tipo de construção anti-sísmica que se faz no Japão, a meu ver, deve ser tomada em conta como exemplo a seguir pelos países que também se situam em zonas de risco. A pesar da tragédia a FORMAÇÃO das pessoas e a boa construção e ordenamento acabaram por salvar vidas.    
      Read more

      Evolução Humana (migrações)

        


           Como já referido na postagem anterior, o tema abordado é sobre a evolução humana. Desta vez, iremos falar sobre as migrações, baseado no documentário da National Geographic referido anteriormente.


      • 200,000 – 150,000 anos atrás: A jornada genética de todos aqueles que hoje estão vivos começou com uma mulher, a chamada "Eva Científica", que viveu em África e passou o seu ADN através de estruturas celulares especiais, as mitocôndrias,  lived in Africa and passed along her DNA through special cell structures called mitochondria, que apenas as mulheres passam de geração em geração
      • 195,000 anos atrás:  Ninguém sabe quando o Homem, tal como é conhecido hoje, apareceu. No entanto, os crânios e ossos mais velhos do Homem Moderno foi encontrado no vale do Rio Omo na Etiópia pelo paleoantropólogo Richard Leakey em 1967. Os ancestrais dos homo sapiens antigos permaneceram em África, durante aproximadamente 3/4 da história da nossa espécie.
      • 150,000 anos atrás:  O primeiro ramo na nossa árvore genealógica humana é marcada pela primeira grande migração humana: Um grupo seguiu para o sul de África outro para a África Oriental - e, posteriormente, para o resto do mundo.
      • 130,000 – 70,000 anos atrás:  Acredita-se que o berço da humanidade foi praticamente dizimado devido à mudança climatérica (de muito frio para muito quente). Devido à falta de variação genética é provável que o número tenha caído para menos de 2.000 pessoas.
      • 70,000 anos atrás:  Estudos climatéricos indicam que a seca em África diminuiu, fazendo a população crescer novamente. Evidências arqueológicas revelam que os instrumentos desse período aparecem por todo o continente, assim como a genética mostram novas linhagens.
      • 60,000 anos atrás:  O "Adão Científico" é o ancestral comum masculino de todas as pessoas que vivem hoje e aquele que passou a todos os homens o cromossoma Y. Como o "Adão Científico" viveu em África há 60 000 anos, isto indica que, provavelmente, todos os seres humanos tenham vivido lá até pelo menos essa altura.
      • 50,000 anos atrás: Alguns cientistas pensam que existiu uma onda de migração dos para fora de África, atravessando através da parte sul do Mar Vermelho para a Península Arábica (17km de distância aproximadamente), não tendo a certeza de como o fizeram.
      • 50,000 anos atrás:  O Homem chegou primeiro ao Sudeste Asiático, provavelmente viajando ao longo da actual costa do Irão, Paquistão e Índia. Nessa altura, uma massa contínua de terra ligava a Indonésia à Ásia Meridional. 
      • 45,000 – 40,000 anos atrás:  Registos arqueológicos mostram que o Homem foi para a Austrália. A sua viagem pode ter acontecido graças à deslocação de massas de terra e ao baixo nível do mar, durante este período glaciar. 
      • 40,000 – 35,000 anos atrás:  Os africanos que se tinham mudado para o Médio Oriente durante os períodos quentes encontraram-se numa vasta "estrada", que os levou até à China e Coreia. Como caçavam, as pessoas foram-se, gradualmente, dispersando, povoando a Europa e a Ásia.
      • 40,000 – 35,000 anos atrás:  Apesar das condições de uma gélida Idade do Gelo, um grupo de destemidos caçadores migraram para a Sibéria Meridional. Ali começaram a desenvolver habilidades especializadas contra o frio, o que lhes permitiu preencher o nordeste da Sibéria e, eventualmente, o norte da América.
      • 28,000 anos atrás:  Evidências arqueológicas indicam que o Estreito de Gibraltar é o último local na Europa onde os Neandertais viveram antes de se extinguirem. Mais tarde, o Homem moderno ocupou o memso lugar os os Neandertais se tinham estabelecido, apesar dos dois grupos nunca se terem encontrado lá.
      • 20,000 – 15,000 anos atrás:  Alguns cientistas acreditam que os primeiros americanos entraram no continente norte-americano através do, agora chamado, Alasca, atravessando a Sibéria através de uma "ponte térrea" temporária. Ferramentas avançadas que eram populares na Ásia, apareceram mais tarde na América do Norte.
      • 14,000 anos atrás:  Monte Verde é a localização de um local arqueológico no Chile, onde pedaços com 14 00 anos de algas presas às lâminas das ferramentas feitas de pedra antiga, sugerem que as pessoas já moravam perto da América do Sul, ao contrário do que se pensava. Recentemente, Monte Verde foi aceite pela UNESCO como Património Mundial da Humanidade.
      • 11,000 anos atrás:  Com o final da Idade do elo, a massa de terra que ligava a Rússia ao Alasca desapareceu. Os primeiros americanos seriam separados do resto do mundo até que Cristóvão Colombo chegou.

      Fontes:

      Reflexão:
           Após a realização deste trabalho proposto pelo professor, foi possível perceber, tal como dito anteriormente, que somos o que somos e estamos onde estamos, graças às várias transformações que a Natureza proporcionou. Massas de gelo foram criadas e descidas do nível médio do mar aconteceram para nos transformar. Quem se sabe se não somos descendentes de alguém da Ásia ou de outro local, que nunca pensaríamos?
        Read more

        Evolução Humana (evolução física)


             Após a visualização do documentário produzido pela National Geographic, "A Árvore Genealógica da Humanidade", foi-nos proposto realizarmos um trabalho sobre a Evolução do Homem.
             Para falar deste tema, iremos dividi-lo em duas postagens. Uma sobre a evolução fisiológica e outra sobre as migrações.



              O Homem descende dos primatas que viveram há aproximadamente 70 milhões de anos. Estes habitavam em árvores e tinham como alimento folhas e insectos.

              Há cerca de 23 milhões de anos atrás, surgiram os homonóides, ainda primatas, do tamanho de um gorila. No entanto, e ao contrário dos primeiros, desciam ao solo e, por vezes, caminhavam sobre duas patas, embora fossem quadrúpedes.

              Após estes, surgiram os hominídeos, há cerca de 3 a 1 milhão de anos. A sua postura já era erecta, tendo longos braços para andar de árvores em árvores, colectar os frutos...

              Em seguida, surgiu o homo habilis, o primeiro hominídeo do género homo. Viveu há cerca de 2 milhões a 1,4 milhões de anos. Ficou caracterizado por fabricar ferramentas simples e utilizar uma linguagem rudimentar.
              Há cerca de 1.6 milhões a 150 mil anos atrás, apareceu o homo erectus. Fabricava instrumentos de pedra mais complexos e usava peles de animais para cobrir o corpo. Viviam em grupo, com cerca de 30 membros. Usava uma linguagem mais sofisticava e ficou caracterizada por ter descoberto o fogo.

              O homem de Neandertal viveu há cerca de 20 mil a 30 mil anos atrás. Foram os primeiros a enterrar os mortos em cavernas, deixando comida e objectos como oferendas. Conviveu com o Homo Sapiens Sapiens. O seu desaparecimento é, ainda hoje, um mistério.
               Finalmente, apareceu o Homo Sapiens Sapiens, nós, há cerca de 100/150 mil aos atrás. Espalhou-se pelos vários continentes e desenvolveu a pintura e a agricultura.

          Reflexão:
                Com esta primeira abordagem a este tema, foi-nos permitido perceber que tudo está em constante mudança, não só a ciência ou a tecnologia, mas NÓS. Para os mais cépticos, talvez seja impossível pensar que nos "descendemos de macacos", mas a verdade é que descendemos. O ambiente mudou, obrigando os nossos antepassados a adaptar-se a ele, fazendo de nós  que somos agora. 
          Read more

          Visita ao "O Mundo dos Dinossauros" em Guimarães

               
               No passado dia 11 de Fevereiro, fomos a Guimarães visitar a exposição "O Mundo dos Dinossauros". 
              Nesta exposição foi possível ver, à escala real, estes grandes répteis, tais como o Velociraptores, Braquiossauro, T-Rex, entre outros, bem como o seu ambiente. Algumas das figuras eram "animadas", o que nos deu ainda mais, a sensação de realmente estar com eles. No final, ainda foi possível ver um filme sobre a extinção deles.

               Algo que realmente vale a pena ver, até dia 27 de Fevereiro. 

               Aqui ficam algumas fotografias da autoria da nossa colega Patrícia


          Read more